sexta-feira, 22 de maio de 2009

Virtual, distante, porém real!

Como começa uma história assim? Sejam em sites de relacionamentos, seja naquela viagem de férias que você ficou com aquele gatinho e se apaixonou, seja através de blogs, enfim, constatei que hoje em dia tem muitas pessoas que vivem esse 'drama'. O relacionamento virtual, ou a distância, (se vocês quiserem colocar assim) é bem complexo. Verdade seja diga, é muito difícil estar 'comprometida' com alguém que está distante de você, apesar de que quando o sentimento é verdadeiro a gente encara de peito aberto mesmo, quer nem saber. Por quê eu digo isso? Porque já vivi.


Ultimamente tenho visto muitas blogueiras 'enrabixadas' por carinhas que conheceram na internet ou que moram longe (por alguma outra circunstância). O que dizer então? Se o seu príncipe está do outro lado da telinha e você aí, em plena sexta-feira vendo suas amigas marcando com os namorados presentes aquele encontro. Eu me sinto derrotada, hahaha, confesso. Isso machuca demais meu povo! Estar longe de quem a gente gosta é a pior coisa do mundo!


Quero saber de vocês, o que nos leva a nos apaixonarmos por alguém que nunca vimos, que a gente 'conhece' através de palavras, emoticons e afins. Será mesmo que esse é o cara dos seus sonhos? E como fazer pra trazê-lo pra perto? Do mesmo modo que a gente pode esbarrar naquele garoto na padaria e num olhar se apaixonar, a gente pode entrar no twitter, ou no orkut, ou num blog e acabar se apaixonando por um cara? (eu viajei na maionese?!)


Vamos por partes, já que a afinidade é um quesito chave nisso tudo aí. Não tem uma fórmula matemática que explique o que acontece, mas eu acho que tudo comece na afinidade (em raros casos até na falta dela). Em sumo, se tu te apaixonou por alguém do outro lado da telinha, tu tem que saber onde está enfiando teu coração; é algo perigoso, (ressaltando que antes de qualquer encontro a gente tem que avaliar bem o sujeito, e avisar pra alguém onde vamos, afinal não sabemos se a reencarnação do Jack Stripador está a solta... rs) e a outra pessoa também tem sentimentos. É uma faca de dois gumes, tome cuidado.


Agora, para aquelas que tiveram que se separar da sua carametade por alguma circunstância, eu nem sei o que dizer. Porque você conhece aquele olhos que brilham ao ver seu cabelo solto, que diz que te ama no meio da madrugada e que não deseja nada além de estar em seus braços. Uiii.. me abana, porque tô tendo um treco! Saudade filhadap*, distância mais inapropriada, e você se encontra em plena sexta no msn, namorando via webcam... ômôdeus!


Um conselho meu, posso? Pega o primeiro avião e corre pra ele boba!!









__________________________________

8 comentários:

Tah disse...

Adorei o blog!
\o/
Bem, vivi isso o ano de 2008 inteiro: conheci namorido em janeiro e vim morar com ele em dezembro. E agora cá estamos nós, grávidos.
Acho que essa oportunidade de conhecermos pessoas novas de qualquer canto do mundo, renova qualquer esperança, abre um leque maior de opções e é claro que assim encontramos um grande amor (que nem encontrei). Beijos gurias!!!

KA disse...

Parabéns pelo espaço, meninas. Está lindo!
Bjs

Jullyane disse...

Bom, eu vivo a situação de namorar à distância, mas nós nos conhecemos e tal, não foi por internet. É realmente muito difícil, dói a saudade...

Não sei se daria certo namorar com uma pessoa virtualmente, mas acredito que o amor não tem fronteiras!

Deve ter dado certo pra alguém já, né?

Beijos e bom fds!

Ana Julia disse...

Não sei como se chega nisso, posso até conhecer outro homem pela net, mas namoro à distância nunca mais!!!
bjos!

Ludmila Roumillac disse...

É, também já vivi isso e posso garantir que pode dar certo.... Conheço vários exemplos atuais... =)

Bem, to passando pra conhecer o espaço de vocês, já que passaram lá no meu tb! Um beijooo e até mais! Parabéns...

k-cau disse...

Engraçado.. Eu sempre fui fissurada em net, mas nunca aconteceu isso comigo.. Mas eu sou muito "visual" sabe? Eu costumo bater o olho e gamar.. então pela net, não tem como...

Beeijo

Larissa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Larissa disse...

Bem eu e meu namorado passamos a semana em cidades diferentes por conta do trabalho deleque fica numa cidade a 100km da minha, mas os fds ele está sempre aqui na minha cidade, onde ele morava antes com a família dele...bem sito falta dele pq estávamos acostumados a nos ver todos os dias, mas a distância é boa tb para apimentar a relação,além do mais todos fds estamos juntinhos pra curtir, e nos planos dele ele volta a morar aqui ano q vem, então agente confia e se gosta e dá tudo certinho!
bjos